Any Ramon Llull

A fim de comemorar com a devida dignidade o 7º centenário da morte do Beato Ramon Llull, o Bispado de Maiorca proclamou, para o período compreendido entre 27 de novembro de 2015 e 27 de novembro de 2016, um ano comemorativo destinado a enaltecer o filho maior desta terra, cuja memória e magistério têm perdurado ao longo dos séculos.

Com o intuito de organizar e coordenar estas comemorações, o bispado constituiu duas comissões: a Comissão Académica e a Comissão Diocesana.

A Comissão Académica, constituída pelo bispo Jesús Murgui Soriano em 24 de janeiro de 2012, é composta por todas as instituições e entidades universitárias que atualmente estudam a figura e a obra de Llull:

  • Maioricensis Schola Lullistica (Palma de Maiorca)
  • Cátedra Ramon Llull (Universidade das Ilhas Baleares)
  • Sociedade Arqueológica Luliana (Palma de Maiorca).
  • Centro de Estudos Teológicos de Maiorca (Palma de Maiorca).
  • Centro de Documentação Ramon Llull (Universidade de Barcelona).
  • Archivium Lullianum (Universidade Autónoma de Barcelona).
  • Faculdade de Teologia da Catalunha (Barcelona).
  • Faculdade de Filosofia da Catalunha (Universidade Ramon Llull) (Barcelona).
  • Instituto Interuniversitário de Filologia Valenciana. (Valência).
  • Raimundus-Lullus-Institut (Albert-Ludwigs-Universität, Freiburg i. B.) (Alemanha)
  • Centro Italiano de Lullismo E. W. Platzeck (Pontificia Università Antonianum, Roma) (Itália).
  • Società Internazionale per lo Studio del Medioevo Latino (Florença, Itália).
  • Officina di Studi Medievali (Università degli Studi di Palermo) (Itália).
  • Grupo de Investigação “Fèlix” da Universidade Nacional de Educação à Distância (UNED) (Madrid).
  • Instituto Brasileiro de Filosofia e Ciência Raimundo Lúlio (São Paulo, Brasil).

Esta comissão, secretariada pelo Dr. Josep Amengual i Batle, tem como função a organização dos dois congressos científicos sobre a figura de Llull, que terão lugar, o primeiro, em Palma, no mês de novembro de 2015, coincidindo com a abertura do ano centenário, e o segundo, em Barcelona, no mês de novembro de 2016, por motivo do encerramento. Irá ainda coordenar a publicação das atas dos congressos, bem como outras atividades de teor científico e académico.

A Comissão Diocesana, por seu lado, constituída pelo próprio Bispo Murgui em 28 de maio de 2012, é composta por representantes das instituições diocesanas, além de pessoas designadas a título pessoal, e é secretariada por Mons. Nadal Bernat i Salas. A Comissão diocesana estabeleceu objetivos e diversas áreas de trabalho, que serão concretizados numa série de atividades durante o ano comemorativo. Entre os objetivos, destaca-se a necessidade de divulgar a figura de Ramon Llull entre as gerações mais novas, bem como a sua popularização e o desejo de fazer perdurar a comemoração e a devoção por Ramon Llull. As áreas de trabalho dividem-se em três blocos: atividades de teor religioso e espiritual, atividades de divulgação e formação e atividades artísticas e comemorativas.

Para além da criação do logotipo do aniversário, o primeiro fruto da comissão foi a elaboração de uma Carta a convidar toda a Igreja e a sociedade em geral a preparar-se para a grande comemoração. Desta Carta foram impressos 10.000 exemplares em catalão e mais 7.000 com o original em catalão e traduções em castelhano, inglês, alemão, francês, italiano e português. Nesta altura, ambas as edições se encontram praticamente esgotadas, devido a um intenso processo de difusão.